A tecnologia patenteada pelo INETI (PT 103286) “Bio-Remoção em Regime Contínuo de Metais Pesados de Soluções Aquosas, por Partículas de Cortiça” foi vencedora ex-equo do Prémio Nacional de Inovação Ambiental 2007 e foi seleccionada para concorrer ao European Environmental Award 2007.

Esta tecnologia foi desenvolvida num trabalho coordenado pela Unidade de Biomassa do DER com a colaboração da Unidade de Tecnologia da Cortiça.

Os Investigadores envolvidos no desenvolvimento desta tecnologia foram:

– Maria Fernanda Cardoso Rosa – DER (Directora da Unidade de Biomassa)

– Paula Alexandra Santinho Soares Marques – DER

– Luís Manuel Cabral e Gil – DTIQ

– Carlos Rodrigues Pereira – DTIQ

Esta inovação constitui um novo método de remoção de iões Pb(II) e outros, em regime contínuo, em soluções aquosas diluídas, utilizando como bio-sorvente granulados de cortiça, provenientes de processos industriais e sem serem sujeitos a tratamento prévio.

A bio-remoção é um processo rápido e reversível que se assemelha à técnica convencional de permuta iónica e que apresenta a vantagem não só de utilizar geralmente biomassa de baixo valor económico como bio-sorvente, para remover os metais pesados de águas residuais (poluentes tóxicos), como de actuar principalmente na gama das baixas concentrações de metal, podendo por isso também funcionar como um complemento aos processos convencionais, tendo especial aplicação prevista no tratamento de efluentes industriais (vidro e cristal, tintas, curtumes, têxteis, refinarias, mineiras e outros).

Este projecto de I&D; foi coordenado pela Doutora Paula Marques, Investigadora Auxiliar na Unidade de Biomassa do DER – Departamento de Energias Renováveis do INETI.

Para informação complementar sobre este tema, contactar:

Paula Alexandra Marques
Unidade de Biomassa/ Departamento de Energias Renováveis/INETI

paula.marques@ineti.pt
tel. – +351 217 127 210